Top

Vitaminas Hidrossolúveis

vitaminas liposso - Vitaminas Hidrossolúveis

Vitaminas Hidrossolúveis

Vitamina B1 (tiamina)

Fonte: Muitos alimentos, incluindo as batatas e o leite, mas especialmente nozes, ervilhas, feijões, germe de cereais, levedura.

Função: Libertação de energia dos carbo-hidratos.

Deficiência: Beribéri.

Excesso: excretado pela urina.

Não pode ser armazenada no corpo. Grande parte perde-se durante a cozedura. O excesso de cozedura ou aditamento de bicarbonato de soda aumenta a sua perda.

Vitamina B2 (riboflavina)

Fígado, leite, ovos, vegetais verdes, extracto de levedura.

Utilização da energia dos alimentos (isto refere-se praticamente a todas as vitaminas do grupo B).

Deficiência: Nas crianças pode prejudicar o crescimento. Em casos raros, pode causar feridas em volta da boca.

Excesso: Excretado pela urina.

Destruída pelos raios ultravioleta por isso não se deve deixar o leite ao ar livre mais tempo do que o necessário.

Ácido nicotínico (niacina, nicotinamida)

Pequenas quantidades em muitos alimentos, entre os quais carne, peixe, cereais integrais, leguminosas.

Utilização da energia dos alimentos.

Deficiência: Pelagra (a pele torna-se escura e escamada especialmente nos pontos expostos à luz).

Excesso: Expulso pela urina.

O corpo pode produzi-lo a partir do triptofano um aminoácido. Perto de um quarto presente nos alimentos perde-se na água de cozedura e nos sucos que a carne perde.

Vitamina B6 (piridoxina)

Inúmeros alimentos, especialmente fígado, cereais integrais.

Metabolismo dos aminoácidos; formação de hemoglobina.

Deficiência: Rara mas pode surgir cm algumas mulheres que tomam contraceptivos orais que contenham estrogénio. Tem sido utilizada com êxito em doses de 50 mg por dia para aliviar a tensão pré-menstrual.

Vitamina B12 (cianocobalamina)

Produtos animais e lacticínios: carne (fígado e rim), ovos. leite, queijo, etc. Não existe nos produtos vegetais, a menos que estejam fermentados ou contaminados com microrganismos.

Necessária para dividir rapidamente as células, como as da medula óssea e as do tracto gastrintestinal.

Deficiência: Provoca anemia perniciosa e megaloblástica e danifica as células nervosas.

Excesso: Diferentemente das outras vitaminas solúveis em água, o excesso pode ser armazenado no fígado.

Os vegetarianos puros devem tomar suplementos de vitamina B12. Parte desta vitamina perde-se se se não juntar um álcali como o bicarbonato de soda à água de cozedura. As doses armazenadas no fígado devem durar um ano ou dois.

Ácido fólico (folacina)

Todas as matérias vivas, vegetais folhosos, pão, ovos, arroz, leguminosas, laranjas e bananas, são boas fontes.

Comopara a vitamina B12.

Deficiência: Provoca anemia megaloblástica. Pode surgir quando aumenta a necessidade do corpo em relação aos glóbulos vermelhos como durante a gravidez.

Excesso: Normalmente não tem efeitos adversos, mas pode ser tóxico se for prescrito a epilépticos.

Alguns medicamentos anticpilépticos e contraceptivos orais podem prejudicar a absorção do ácido fólico. Grande parte do ácido fólico perde-se na cozedura, e o aquecimento prolongado, o enlatamento e reaquecimento também o destroem. Uma dose de fruta ou vegetais frescos por dia basta para impedir a deficiência.

Ácido pantoténico

Alimentos como miudezas (carnes diversas), levedura, gema de ovo, legumes, geleia real de abelhas.

Crescimento, produção de anticorpos, metabolismo das gorduras e carbo-hidratos.

Deficiência: é muito improvável que ocorra.

Pouca perda durante a cozedura. Segundo um estudo feito, doses maciças aliviaram muitos sintomas de artrite reumatóide.

Biotina Miudezas (carnes Metabolismo diversas): gema de gorduras, ovo. leite e produtos lácticos, cereais, peixe, fruta, vegetais. Metabolismo das gorduras.

Deficiência: é muito improvável que ocorra.

A clara do ovo cru contem uma substancia que impede a absorção da biotina por isso quem comer muitos ovos crus pode vir a sofrer de deficiência. O corpo pode produzir biotina por si próprio, a partir das bactéria do intestino grosso.

No Comments

Post a Comment