Top

Minerais

nutricao e metabolismo - Minerais

Minerais

Cálcio

Leite, queijo, pão e farinha fortificados com cálcio: vegetais verdes. A água dura (que contém iões) constitui uma fome importante de cálcio.

Ossos e dentes saudáveis: contracção muscular, função nervosa, actividade de algumas enzimas, coagulação normal do sangue.

Deficiência: Em comum com a deficiência em vitamina D. pode causar raquitismo nas crianças, ostcomalacia nos adultos.

Excesso: Endurecimento dos tecidos moles em resultado de um depósito excessivo de cálcio ao excesso de vitamina D.

A absorção do cálcio pudera ser prejudicada pela falia de vitamina D ou pela presença de grande quantidade de fibras na alimentação.

Ferro

Carne, miúdos e miudezas, farinha de aveia, farinha de trigo, chocolate melaço.

Sangue saudável: a maior parte do ferro absorvido vai para a medula óssea, para ajudar ã produção de
glóbulos vermelhos. Também necessário para transporte do oxigénio através do corpo.

Deficiência: Anemia crê-se as mulheres mais sujeitas que os homens, devido à perda, de sangue durante a menstruação.

Excesso: Um tipo de anemia chamada sidérose. A presenta-se em alguns alcoólicos, e ainda em pessoas que utilizam panelas e tachos de ferro.

A gema do ovo e o chá prejudicam a absorção do ferro: a vitamina C propicia-a. O corpo armazena feno no fígado, no baço e na medula óssea. As mulheres necessitam de ligeiramente mais ferro que os homens. A absorção e baixa, excepto quando as reservas do corpo se encontram esgotadas.

Sódio

O sódio em forma de sal (cloreto de sódio) está presente na maior parte dos alimentos processados por ex. no bacon, enchidos, peixe fumado, vegetais enlatados, manteiga, queijo, pão, alguns cereais para pequeno-almoço. O sódio está presente em todos os fluidos corporais: necessário para manter o equilíbrio da água e para a actividade muscular e nervosa. O sódio está presente em todos os fluidos corporais: necessário para manter o equilíbrio da água e para a actividade muscular e nervosa.

Deficiência: Cãibras musculares, só provável nas pessoas que perdem sal por suar profusamente e beberem grandes quantidades de água.

Excesso: Expulso através dos rins nos adultos.

Durante um longo período e excesso poderá causar uma elevada tensão arterial em adultos susceptíveis. A concentração de sódio no corpo deve manter-se dentro de limites muito restritos. Um adulto necessita de cerca de 4 g de sal por dia, que encontra naturalmente nos alimentos, mas a sua ingestão média chega a ser cinco vezes superior porque se junta sal aos alimentos à mesa e durante a cozedura. O equilíbrio sódio potássio no corpo é importante.

Potássio

A maior parte dos alimentos, especialmente leite, batatas, café instantâneo, sumos de frutos ou vegetais, extracto de levedura, chocolate de leite. Saúde de todas as células, complementa o sódio no corpo.

Deficiência: Em casos extremos, poderá causar falha cardíaca. Uma deficiência leve poderá surgir por se tomarem muitos purgantes ou diuréticos.

Excesso: Expulso através dos rins.

O sódio e o potássio são muito importantes para manter o equilíbrio da água. O potássio pode mitigar os efeitos do excesso de sódio na pressão sanguínea.

Magnésio

Muitos alimentos, especialmente os vegetais. Constituinte essencial de todas as células: presente nos ossos. Necessário para algumas enzimas.

Deficiência: Rara excepto em casos de grandes perdas devido a diarreia.

O corpo absorve apenas cerca de metade do magnésio dos alimentos.

Zinco

Muitos alimentos, especialmente carne, cereais integrais, ostras. Actividade de cerca de 20 enzimas. Também ajuda a sarar as feridas.

Deficiência: Provoca atrofia do crescimento.

O ácido fítico, presente no pão não levedado, prejudica a absorção do zinco e de outros minerais.

Iodo

Alimentos marinhos e algas. As quantidades existentes nos vegetais e na carne dependem da quantidade de iodo do solo e da região.

Constituição das hormonas da tiroide que controlam o nível do metabolismo celular.

Deficiência: Provoca abrandamento do metabolismo e da circulação. Aumento da glândula tiroide no pescoço (bócio).

O iodo é armazenado na glândula tiroide no pescoço. Nas regiões onde o solo e pobre em iodo as pessoas que apenas comem vegetais da região e não ingerem alimentos marinhos podem ter problemas de bócio.

Flúor

Água potável de muitas regiões: chá e alimentos marinhos (especialmente nas espinhas dos peixes). Saúde dos ossos e dos dentes, resistência à cárie.

Deficiencia: maior risco de cárie.

Excesso: Manchas permanentes nos dentes. Não há provas de riscos para a saúde associados à fluoração embora o debate continue em aberto.

 

No Comments

Post a Comment