Top

Grupos alimentares

phpZDXYVb - Grupos alimentares

Grupos alimentares

A maior parte da pessoas que desejam inteirar-se acerca da nutrição deparam com a ideia de «grupos alimentares», como o grupo da carne, o do leite, o dos frutos e vegetais, o dos cercais, e o das gorduras e óleos. Os alimentos são classificados segundo os nutrientes que contêm e diz-se às pessoas que ingiram umas tantas doses de cada grupo por dia. O único inconveniente desse sistema é que pelo facto de se concentrarem na determinação de que a pessoa receba pelo menos uma quantidade mínima de nutrientes, não consegue impedir o consumo de um excesso de um determinado nutriente. Por exemplo, o grupo do leite é incluído por que é uma boa fonte de cálcio. Contudo, muitos produtos do leite são também ricas fontes de gordura, e por isso quem ingeriu um pouco do grupo da carne, do leite e do das gorduras e óleos, terá por certo ingerido demasiadas gorduras.

Um sistema mais sensato consiste em agrupar os alimentos segundo a maneira por que são utilizados para planear refeições em cozinhas sadias. Segundo este sistema, os alimentos densos vêm em primeiro lugar no planeamento de uma refeição e os do terceiro grupo desempenham um papel insignificante, principalmente para dar graça e sabor. As cozinhas sadias utilizam muito os legumes a tradicional «carne dos pobres», temperos com ervas aromáticas e especiarias e molhos feitos de frutas e vegetais para humedecer e dar sabor aos alimentos densos. Se planear os alimentos deste modo, não só satisfará todas as suas necessidades em vitaminas e  minerais como também obterá fibras e desde que use apenas óleo, natas e manteiga muito parcimoniosamente, também reduzirá a quantidade de gorduras ingeridas.

Elementos principais densos: pão, massa, batata, arroz e sopas.

Frutos e vegetais: citrinos, vegetais verdes, tubérculos, frutos moles e bagas.

Produtos animais nozes e legumes: feijões, queijo, ovos, carne leite e nozes.

No Comments

Post a Comment