Top

Exercícios para viajar com comodidade

images4 - Exercícios para viajar com comodidade

Exercícios para viajar com comodidade

Esses exercícios mostram como se pode tirar o máximo partido dum espaço limitado para aliviar os músculos tensos e com cãibras, ao mesmo tempo que permitem que a pessoa chegue ao seu destino tão fresca quanto possível, quer viaje de avião, comboio, carro ou de barco. Pratique qualquer das sequências, mantendo-se nas posições enquanto se sentir bem nelas e repetindo cada exercício as vezes que lhe apetecer.

Esticar bem os braços e respirar fundo umas quantas vezes constitui um exercício a praticar tanto quanto possível para evitar a rigidez do corpo.

1 Se os seus joelhos são pontos fracos, este exercício é bom para si porque faz distender os músculos quadriceps que circundam as rótulas. Sente-se e estique as pernas o mais que puder, fazendo força com os calcanhares e virando os pés para si. Conte até 10 se puder, e pare o exercício. Se achar difícil, comece por um número mais baixo e vá-se aproximando dos 10 a pouco a pouco.

2 Para estimular a circulação dos músculos do tórax e dos braços. Erga os braços ao nível do peito e agarre os pulsos com as mãos, mantendo os cotovelos em cima. Faça avançar as mãos devagar pelos braços como se arregaçasse mangas muito apertadas. Pare quando chegar aos cotovelos. Repita 2 ou 3 vezes com os braços ao nível da cintura e ao nível dos olhos.

3 Para activar a circulação da barriga da perna c dos pés e fortalecer os tornozelos. Para fazer este exercício, prenda um pulso entre os joelhos. Fixe os calcanhares no chão, meta os pés para dentro e levante os dedos dos pés virando o dedo grande para cima em direcção aos joelhos. Esfregue os pés no chão, vire-os para fora e levante os dedos mais pequenos em direcção à parte exterior dos joelhos. Termine repetindo algumas vezes apenas o movimento para fora, descansando entre cada elevação, com os pés no chão.

4 Para evitar a rigidez das pernas e estimular a circulação; este exercício é muito bom para quem tem as partes interiores das coxas flácidas. Sente-se, prenda uma mão entre os joelhos, como no exercício 3. Comprima as coxas para dentro fortemente.

5 Este movimento impede a rigidez da espinha e mantém-na flexível. Sente-se de modo a não tocar com o dorso nas costas do banco. Endireite a espinha e vire o tronco a partir da cintura tanto quanto puder, para a direita, olhando para trás. Repita para a esquerda.

6 Este exercício faz endireitar os músculos que suportam a cabeça e activar-lhes a circulação. Também estimula a utilização total do suporte do carro para cabeça, na medida em que a cabeça se afunde nele, e fica apoiada e descontraída. Sente-se bem para trás de modo a que a sua coluna e a cabeça fiquem apoiadas e direitas. Puxe o queixo para o peito e comprima a cabeça contra o suporte do carro; fique assim uns momentos.

7 A coluna é muito bem concebida, especialmente, na parte do pescoço, para rodar. Vire o pescoço de um lado para o outro, para manter a flexibilidade. Sente-se bem para trás, com a cabeça apoiada, no respectivo suporte. Vire a cabeça lentamente até onde puder, para a direita e para a esquerda.

8 Este exercício activa a articulação do polegar. Apoie a mão sobre a coxa na posição de cutelo, de modo a ficar com os polegares em cima. Faça girar os polegares, afastando-os o mais possível. Repita, fazendo o movimento no sentido inverso.

No Comments

Post a Comment