Top

Exercício em família

Saude e bem estar atividade fisica - Exercício em família

Exercício em família

Os desportos favoritos com exercícios de oxigenação marcha rápida ou subida, jogging, corrida, ciclismo e natação têm muito em comum. Podem-se praticar todo o ano, em qualquer lugar e mesmo em qualquer altura, exigem um mínimo de equipamento e instruções especiais e adaptam-se a qualquer pessoa. São actividades em que toda a família pode participar e dado não terem carácter competitivo, todos os grupos etários as podem praticar. Entre os desportos familiares incluem-se outros como a patinagem normal e no gelo e o esqui.

Como pais ou avós instiguem os vossos filhos praticando lado a lado e não dando-lhes coragem ficando de fora e, como pode suceder, incitando-os a esticarem-se logo demasiado. Não fixe metas para as crianças podem sentir que têm que se esforçar muito para as alcançar. Se estiver a fazer exercício com as crianças, saberá melhor em que altura parar. Além disso, há a esperança de virem a fazer um dia o mesmo com os filhos deles. Não saia de carro com a família. Estimule-a a caminhar ou andar de bicicleta e dê-lhes o exemplo fazendo o mesmo.

Quanto mais cedo as crianças começarem um esquema de exercício equilibrado, melhor. O espectacular êxito dos atletas dos países em vias de desenvolvimento nas competições desportivas internacionais revela os níveis que podem ser atingidos por aqueles que têm uma base de preparação física diária. As crianças, habituadas a treino físico regular, adquirirão maior confiança em si mesmas, e o bem-estar físico e mental conseguido irá ajudá-las a tirar melhor partido da educação e a transformarem-se em seres humanos válidos activistas e não espectadores da vida, pendurados diariamente horas frente a um televisor. Com efeito, era esta uma das crenças fundamentais subjacente à proposta de John F. Kcnnedy, para o restabelecimento do espírito desportivo dos Estados Unidos, com a fundação do Gabinete Presidencial de Preparação Física e Desportos.

Na escola, as crianças deverão praticar desportos de competição e exercícios disciplinados: os pais equilibrariam isto acentuando a actividade livre, tipo brincadeira. A maioria das crianças não tem falta de flexibilidade, portanto, os primeiros jogos deverão incluir bastantes exercícios de oxigenação, para criar as bases de preparação cardíaca e pulmonar e concentrar-se no estímulo da imaginação. Quando atingirem a adolescência, surgirão algumas sessões de flexibilidade para que não comecem a perder a amplitude do movimento: também é uma boa altura para as ajudar a desenvolver força e musculatura. Deixe o espírito de equipa ser incutido na escola: introduza o mais possível diferentes jogos e desportos, e faça notar que a verdadeira competição vem de dentro do indivíduo. Mostre as crianças mais as possibilidades de diversão do que de realização.

 

No Comments

Post a Comment