Top

Planeamento das refeições

Não há motivo algum para os seus convidados se sentirem ofendidos se lhes servir qualquer dos pratos sugeridos. Em vez de gastar muito dinheiro em carne, gaste-o em peixe e em vegetais e fruta de boa qualidade. Se utilizar receitas tradicionais de cozinhas muito antigas, como...

Se sentir fome ou desejar mordiscar qualquer coisa, enfrente o facto de que tem fome e experimente uma das refeições ligeiras, à direita (ou uma sanduíche). Se a sua «fome» não passa do desejo de qualquer coisa doce ou salgada, o problema lerá de ser enfrentado de...

Regra geral, dever-se-ão dar às crianças alimentos doces, como bolos e bolachas, depois de ter sido comida a parte nutritiva da refeição. No caso de uma criança caprichosa, convém reduzir as refeições intermédias, se ela rejeitar a comida -boa-. Se não tiver fome para comer feijões cozidos...

Aquilo que se come à noite depende muitas vezes daquilo que nós ou resto da família comemos anteriormente. Mas se um de nós tiver tido um grande almoço de negócios e os outros tiverem comido muito pouco a meio do dia, serão necessários tipos diferentes...

É uma das poucas vezes, na nossa sociedade, em que se ingerem alimentos ricos em cercais (como os cereais propriamente ditos e as tonadas). Alem dos cereais e das tonadas, experimente um ovo (cozido, escalfado ou mexido, sem sal nem manteiga) ou feijões cozidos, ou...

Só em sua casa Poderá não lhe apetecer dar-se ao trabalho de preparar a refeição. Uma refeição ligeira ocasional não faz mal, mas faz-lhe bem ao moral planear comer qualquer coisa de que gosta. Pense antecipadamente para não se ver reduzido a recorrer ao frigorífico ou à...