Top

Doenças gastrintestinais

images 310 - Doenças gastrintestinais

Doenças gastrintestinais

Neste caso o fumo do tabaco é encarado mais como factor de permanência e de irritação do que como causa. Um dos efeitos de fumar mais óbvios é o desaparecimento das dores da fome: há tendência para se reduzir a secreção dos sucos gástricos, o movimento da comida no estômago e a passagem, pelo perisialtismo do material para o intestino. Um estudo feito sobre doentes de azia, náuseas, flatulência e mal-estar abdominal, mostrou que os sintomas se atenuavam muito quando deixavam de fumar. Estudos de largo âmbito concluíram que o fumo do tabaco interfere no tratamento e cura de úlceras gástricas, acentuando-lhes o carácter crónico. Os doentes de úlceras fumadores têm 3 vezes mais probabilidades de morrer desse mal do que os não fumadores.

No Comments

Post a Comment