Top

De que modo o corpo utiliza os alimentos?

emagrecer - De que modo o corpo utiliza os alimentos?

De que modo o corpo utiliza os alimentos?

Os alimentos que ingerimos têm de fornecer-nos combustível, ou energia, para podermos executar as nossas actividades diárias. A energia é medida em calorias (recentemente os cientistas começaram a falar em joules; 1 joule equivale mais ou menos a 4 calorias). Um homem médio necessita de 2900 calorias por dia, a mulher média de ligeiramente menos 2200 diárias. O corpo necessita de dois terços desta energia apenas para permanecer vivo para conservar o coração a bater, os pulmões a respirar, e o resto do corpo a funcionar. O restante é utilizado no crescimento e no movimento. Ao trabalho de manter o corpo em funcionamento chama-se metabolismo passivo. Os bebés e as crianças têm taxas de metabolismo mais rápidas que os adultos, de forma que necessitam proporcionalmente mais energia para se conservarem vivos. As pessoas muito gordas, por outro lado, tornam-se muito mais eficientes na utilização do mínimo de energia possível e têm uma taxa de metabolismo mais lenta. Alem de fornecerem energia, os alimentos também fornecem ao corpo proteínas, vitaminas e minerais que, no conjunto, constituem os componentes e as peças que, em diferentes combinações, formam os ossos, a carne e o sangue. Se o corpo não conseguir extrair energia suficiente dos alimentos ou das suas reservas de gordura, converte as proteínas em energia (pode converter as proteínas da alimentação ou as armazenadas na forma de tecidos magros). Pelo contrário, se comermos mais do que necessitamos, os excedentes na forma de proteínas, de gorduras ou de hidratos de carbono são queimados sob a forma de calor ou convertidos em gordura e armazenados.

A quantidade de energia ou combustível fornecida pelos nutrientes varia grandemente: como se pode ver pela gravura, para o mesmo peso a gordura proporciona o dobro de calorias que os carbo-hidratos ou proteínas. A água as vitamina, os minerais e as fibras não fornecem calorias.

Seguindo um sistema estandardizado, o conteúdo alimentar em gorduras, carbo-hidratos, proteínas e fibras é indicado apenas em gramas. Na análise de energia, ou calorias, o teor dos nutrientes puros revela que a gordura e o álcool são as fontes mais ricas em calorias, e portanto as que mais engordam. Os alimentos gordos fornecem o dobro das calorias dos amiláceos. De notar que os alimentos (e bebidas) são uma mistura de nutrientes aqui analisados: o vinho, por exemplo, contém água alguns carbo-hidratos (hidratos de carbono) e outros sólidos, além do álcool etílico (o principal nutriente).

No Comments

Post a Comment