Top

Adaptação da alimentação

alimentos naturais - Adaptação da alimentação

Adaptação da alimentação

Damos abaixo um guia para a alimentação integral com base no princípio de uma alimentação nutural alimentos não refinados, e da não utilização de grandes quantidades de alimentos que o corpo considere difíceis de processar.

• Pelo menos metade do peso líquido do alimento consumido deve ser cru e tão fresco quanto possível.

• A cozinha deve ser conservativa cozer a vapor ou grelhar em vez de cozer em água fritar ou assar: os frutos c vegetais devem ser mal cozidos.

• As proteínas poderão provir de fontes animais ou vegetais calcula-se que a ingestão adequada seja de cerca de 45 g por dia. Existe tabelas que lhe ajudarão a calcular a quantidade de proteína que poderá ingerir distinguir se as proteínas provierem de fontes vegetais, que são menos concentradas, necessitará de comer mais do que se provierem de fontes animais. Se não for vegetariano, deverá limitar a quantidade de peixe, carne ou criação a 120 g por dia; estes alimentos animais produzem fezes ácidas e tóxicas.

• Mastigue muito bem a comida: a digestão dos hidratos de carbono começa na boca quando os alimentos se misturam com a saliva, e, a menos que estejam bem mastigados, apenas é possível uma digestão parcial.

• Não coma alimentos muito frios ou muito quentes, pois ambos os extremos prejudicam a digestão.

• Os alimentos muito gordurosos também são difíceis de digerir.

• Limite os alimentos que sofreram qualquer tipo de tratamento, incluindo o pão e o queijo, e evite alimentos salgados, fumados, picantes, conservados, corados artificialmente ou que contenham produtos químicos para realçar o sabor, como o glutamato monossódico.

• Limite o açúcar e todos os cereais refinados. São os principais exemplos de alimentos cujo valor nutritivo foi alterado pelos tratamentos são a antítese dos alimentos integrais.

• Substitua as bebidas que contêm cafeína, como o café chá cacau e cola, por chá de ervas, e não coma chocolate.

• Limite o álcool à cerveja ou ao vinho, que são mais fáceis de eliminar que as bebidas fortes. Não beba mais de meia garrafa de vinho ou cerca de meio litro, ou 900 ml de cerveja (três latas de 12 onças nos EUA) por dia e não beba em mais de quatro dias da semana.

Comer bem e de maneira sensata é uma das maneiras mais fáceis de melhorar a saúde e de se sentir mais feliz e com maior energia. Uma dieta de alimentos que se encontram tão perto quanto possível do seu estado natural e o primeiro passo para se sentir positivamente bem e evitar as doenças da civilização. Experimente a dieta abaixo: é nutritiva, não contém alimentos indesejáveis e é agradável de comer e fácil de preparar.

No Comments

Post a Comment